terça-feira, 2 de novembro de 2010

Para Lucas.

Eu tento ter tempo, eu juro.

E sempre acho que dou conta.
Mas hoje você faz 7 anos e eu me
pergunto, pra onde foi o tempo?
Hoje você é um homenzinho. Um homenzinho lindo.
E eu fico aqui nostálgica, pensando que
foi ontem que você nasceu e deu os primeiros passos.
Nunca fui mãe de fazer diário, não anotei
quando disse mamãe pela primeira vez.
Mas sei exatamente quando e como foi, acredite.
Nunca vou esquecer da sensação maravilhosa de ver
aquela criaturinha aprendendo aos poucos a viver.
Nunca vou esquecer a emoção que sinto quando vejo
sua alegria ao descobrir que pode fazer sozinho,
sejá lá o que for. Lembro da primeira vez você caiu
e ralou o joelho no chão aqui do prédio.
Lembro de quando pegou na lagarta
de fogo e queimou a mãozinha. Lembro de quando
quebrou o braço e só tinha dois anos mas adorava
os desenhos coloridos no gesso. Lembro de quando
aprendeu a andar de bicicleta sem rodinha.
Lembro de você vestido como o pequeno príncipe,
no aniversário de 3 anos, a festa mais bonita.
E de você jogando bola com o bivô (que sabia ser
da sua idade) na varanda da casa antiga.
As suas gargalhadas vão ficar gravadas
pra sempre na minha memória.
Dessas maravilhas de ser mãe.
Pequenas poesias nos meus dias.
E hoje eu olho pra você tão crescido, tão cheio de
certezas e coragens e vejo que é isso mesmo,
a vida cumprindo seu papel.
Hoje eu sei, mais do que nunca, como valeu a pena ter
ficado em casa para cuidar de você, em tempo integral.
Não me arrependo de nada, faria tudo outra vez, mil vezes.
E ainda assim fico querendo segurar o tempo
com as mãos, achando que no rebuliço
dos dias eu deixei passar alguma coisa.
Poderia ter te segurado mais no colo, beijado mais...
mãe sempre acha que poderia ter feito mais um pouco.
Mas quando te vejo correndo e brincando,
tão cheio de saúde, lendo e escrevendo e
solucionando problemas com sua sabedoria
simples de criança, sei que vou no caminho certo.
E mais dias felizes virão.

Parabéns meu filho, meu menino, meu amor, minha luz.
Você não sabe, mas é meu maior presente.
Meu super herói preferido, minha alegria de viver.
Que Deus te abençoe, que sua vida seja longa,
plena, e feliz, muito feliz!
Meu amor acompanhará seus passos sempre.
Obrigada por ter me escolhido para ser sua mãe.


3 comentários:

Juca de Tal disse...

Lindo!

Cris disse...

Fiquei emocionada, amiga. Lindo!!! Agora que tenho um filhotinho, sei como se sente. Beijos pra você e pro Lucas. Que Deus abençoe sua casa!

¨ disse...

meu deus...
fez meu coração cantar!!!

suspiro!!! suspiros de flor